Professora Noêmia quer inclusão de noções da Lei Maria da Penha e direitos de crianças e adolescentes no currículo escolar

por adm publicado 19/08/2019 12h42, última modificação 19/08/2019 12h42

Iniciativa da vereadora Professora Noêmia (PTB) foi apresentado neste mês na Câmara Municipal o projeto de lei nº 56/2019, que dispõe sobre obrigatoriedade da inclusão do ensino de noções básicas da Lei da Maria da Penha e de conteúdo dos direitos de crianças e adolescentes, nos temas transversais do currículo escolar em Itumbiara.

O PL 56 da Professora Noêmia prevê que o sistema municipal de educação deverá adotar medidas para efetiva implantação desse conteúdo voltado à promoção e defesa dos direitos das mulheres, crianças e adolescentes, tendo como matriz a Lei Maria da Penha e o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Para a Professora Noêmia, ao levar esse conteúdo para a sala de aula, “estaremos trabalhando a formação de uma nova consciência com as crianças e adolescentes, buscando transformá-los em cidadãos com novos comportamentos e verdadeiros agentes transformadores da realidade”, enfatiza. Ela lembra que os professores já abordam essa temática, mas com a inclusão obrigatória no currículo escolar, tais direitos ficarão ainda mais evidenciados. “Trata-se de uma medida preventiva de conscientização, a partir de um trabalho educacional de humanização, respeito e informação”, conclui a vereadora, que foi professora, diretora e coordenadora regional da Educação.